Receitas Rápidas com que impressionar?

Consegue imaginar o ar surpreso dos seus amigos, ou até da sua namorada, quando lhes servir um delicioso Cocktail de Camarão? (só não lhes conte que apenas demorou 10 minutos na cozinha...!).

Para preparar com tempo e ter sempre à mão de qualquer ocasião, porque não preparar e congelar?

No dia é só cozinhar e servir como se tivessem sido acabados de fazer! Uma boa dica são os Crepes de Legumes, coloridos e estaladiços. Que tal?!

Porque adoçar o palato é adoçar a alma e porque nenhuma refeição está completa sem a sobremesa.

Experimente as diversas receitas de sobremesas disponíveis - da mais complexa à mais simples, todas prometem encher-lhe as medidas e tornar a sua refeição num momento mais feliz!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Pavlova com Morangos e Mirtilos, Raviolis Chocomenta, Gelado de Hortelã e Redução da mesma

Mais um devaneio, mais uma criação! E assim começa o Verão!


Ingredientes:
(pavlova)
  • 2 claras de ovo
  • 8 colheres (sopa) de açúcar
  • 1/2 colher (chá) de vinagre
  • 1 colher (chá) de amido de milho
  • 1/2 colher (chá) de extracto de baunilha
(raviolis de chocomenta)
  • 100g de farinha
  • 50g de cacau em pó
  • 1 e 1/2 ovo
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 100g de chocolate 70% cacau
  • 5 a 6 colheres (sopa) de xarope de menta
  • Leite q.b.
  • Açúcar q.b.
(gelado de hortelã)
  • 200ml de natas
  • 3 colheres (sopa) de xarope de menta
  • 3 pés de hortelã (só as folhas)
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
(redução de hortelã)
  • 200ml de água
  • 4 pés de hortelã
  • 5 colheres (sopa) de açúcar
  • Chocolate 70% cacau q.b.
  • Mirtilos q.b.
  • Cerejas q.b.
  • Morangos q.b.
  • Folhas de Menta Chocolate


Preparação:

Para o recheio dos raviolis, leve o chocolate a derreter em banho-maria. Envolva-o no leite condensado e junte o xarope de menta. Envolva e reserve.

Para a massa dos raviolis, junte os ingredientes e amasse com as mãos até formar uma massa homogénea (se for necessário junte mais cacau). Deixe-a descansar, coberta com um pano, por 20 minutos a meio hora.
Devida-a em quatro partes e passe com um rolo da massa até formar uma massa fina e bem lisa. Depois passe para a máquina da massa. É preciso passar pelo cilindro muitas vezes, para que ela fique elástica para modelar e ao mesmo tempo firme para cozinhar. Depois de obter a espessura pretendida passe-a pelo cortador de folhas de massa.
Coloque na máquina de massa o acessório para os raviolis.
Coloque duas folhas de massa e recheie. Faça a massa deslizar pelos cilindros e obterá os raviolis recheados.
Leve-os a cozer em leite com açúcar, a gosto, até estarem al-dente.

Para as pavlovas, bata as claras de ovo até estas ficarem em castelo, mas não demasiado firmes (a formarem uns picos suaves). Adicione depois o açúcar e bata um pouco mais com a batedeira. Junte o vinagre, o amido de milho e o extracto de baunilha e envolva cuidadosamente com uma colher de pau. Forre um tabuleiro com papel vegetal. Com a ajuda de um prato desenhe um circulo no papel vegetal e sobre o circulo disponha a mistura de claras de modo a formar um disco. Leve a forno quente (180ºC). Logo que coloque a mistura de claras no forno regule-o para 150ºC e deixe cozinhar cerca de 30 minutos. Desligue o forno e deixe a mistura de claras no forno. Retire apenas quando estiverem frias.

Para o gelado de hortelã, leve as natas ao congelador por 10 minutos. Quando estiverem bem firmes bata-as em chantilly. Junte as folhas de hortelã, o açúcar e o xarope de menta e passe tudo com a varinha mágica. Leve ao congelador por algumas horas, batendo de vez em quando para quebrar os cristais de gelo, até que se forme um gelado cremoso.

Para a redução de hortelã, leve a hortelã ao lume com a água e deixe ferver por 5 minutos. Retire a hortelã, junte o açúcar e deixe reduzir o volume para 1/3. Deixe arrefecer e utilize.

Emprate colocando uma colher de redução, a pavlova coberta com os frutos os raviolis e o gelado de hortelã. Pode fazer decorações em chocolate consultando este post anterior.
Sirva imediatamente.


Receitas de pavlovas e raviolis adaptadas daqui e daqui.
Para encontrar sabores que ligassem com o chocolate e a menta, utilizei o livro The Flavour Thesaurus, com dicas muito importantes e úteis na ligação correcta de ingredientes.



segunda-feira, 20 de junho de 2011

Gelado de Cereja Preta em Cone

Com a época das cerejas em alta, nada melhor que um gelado caseiro para degustar e apreciar nestes dias quentes!


Ingredientes:
(gelado)
  • 2 chávenas de cerejas pretas, descaroçadas
  • 2/3 de chávena de açúcar
  • 1 chávena de natas, batidas
(cone)
  • 1 ovo
  • 50g de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de manteiga derretida e fria
  • 2 colheres (sopa) de leite
  • 1/4 colher (chá) de extracto de baunilha
  • 25g de farinha
  • uma pitada de sal
  • óleo q.b.

Preparação:

Para o gelado, esmague as cerejas ligeiramente com o açúcar.
Junte-as às natas batidas. Coloque a mistura num recipiente e leve ao congelador até ficar pastoso (2 a 3 horas aproximadamente)
Coloque então a mistura na máquina de fazer gelado e deixe-a trabalhar a mistura até estar cremosa.
Remova da máquina, coloque numa caixa bem fechada e congele.

Para os cones, misture o ovo com o açúcar. Junte a manteiga, o leite e a baunilha. Posteriormente o sal e a farinha até obter um aparelho leve. O aparelho deve ficar mais líquido, como o dos crepes (se o mesmo não acontecer adicione mais leite).

Unte com óleo uma frigideira pequena, ou uma grande se utilizar um aro metálico para ajudar a formar círculos de massa.
Leve ao lume e coloque 2 colheres (sopa) de aparelho (vai querer uma massa fina e estaladiça).

Deixe corar de um lado, vire a massa e deixe corar no outro.
Retire a massa para um prato ou para cima de uma tábua de cozinha e enrole-a rapidamente com a ajuda de um molde de cones ou cornucópias de metal (cuidado porque vai ficar quente).
Este processo deve ser feito rapidamente dada a rapidez com que a massa seca e fica dura, impossível de moldar.
Repita o processo até todo o aparelho ter acabado. Guarde os cones para posterior utilização numa caixa hermética.

Finalmente, com a ajuda de uma colher de gelado, retire bolas de gelado de cereja e sirva nos cones já frios.

Receitas daqui e daqui.



sábado, 18 de junho de 2011

Bacalhau com Grelos em Cama de Batata Doce e Abóbora

Este bacalhau tem uma mistura de aromas balançada e deliciosa!



Ingredientes:
  • 400g de grelos congelados
  • 1/2 broa com chouriços (pode ser broa de milho normal)
  • 1kg de batata doce
  • 0,500kg de abóbora limpa
  • 800g de bacalhau
  • Leite q.b.
  • 1 folha de louro
  • 3 cebolas
  • 1 alho francês
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
  • Pimenta q.b


Preparação:

Comece por colocar no forno as batatas doces, para que assem.
Num tabuleiro coloque a abóbora em cubos, regue com azeite, tempere com sal e pimenta e leve ao forno a assar, até estar mole.
Coza o bacalhau em leite com a folha de louro. Depois de cozido tire as espinhas e desfaça em lascas. Reserve.
Parta as cebolas e o alho francês em rodelas. Leve a refogar em azeite. Tempere com sal e pimenta. Entretanto junte os grelos e deixe cozinhar.

Num tabuleiro coloque rodelas de batata doce já assada. Cubra todo o fundo (pode, se quiser, passar toda a batata por um pass-vite e torná-la num puré, com o qual cobrirá todo o fundo do tabuleiro). Coloque por cima a abóbora já assada, formando uma segunda camada no tabuleiro.
Faça a terceira camada com as lascas do bacalhau e, de seguida, a mistura de grelos.
Calque tudo muito bem para ficar compacto. Desfaça a broa em migalhas e cubra todo o tabuleiro com as mesmas.
Leve ao forno a 180ºC por 30 minutos aproximadamente.


(receita adaptada da revista Saberes & Sabores nº 190, de Dezembro de 2009, pág. 32)

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pannacotta de Fava Tonka com Crumble de Chocolate e Espuma de Banana

Uma mistura de aromas cativante e embrenhante!

Mais uma criação, mais um devaneio!



Ingredientes:

(Pannacotta)
  • 2 chávenas de natas
  • 1/2 chávena de açúcar
  • 1 fava tonka (pode ser substituída por vagem de baunilha, mas não é comparável)
  • 2 folhas de gelatina incolor
  • 2 colheres (sopa) de água
(Crumble)
  • 50g de manteiga gelada
  • 50g de farinha de trigo
  • 30g de farinha de amêndoa
  • 50g de açúcar
  • 1 colher (sopa) de cacau em pó
(Espuma de Banana)
  • 1 banana madura
  • 100ml de leite
  • 1 folha de gelatina incolor
  • 2 colheres (sopa) de água
  • 1 banana
  • Chocolate Preto mín. 70% cacau


Preparação:
Comece por desidratar a banana. Descasque a banana e corte-a em fatias na diagonal, de forma a que fiquem mais compridas, com cerca de 3mm de largura.
Leve as fatias da banana ao forno, sobre papel vegetal, por 4 a 5 horas a 80º/100ºC.
Vá virando as fatias da banana enquanto desidratam para que fiquem uniformes.

Prepare o crumble. Misture todos os ingredientes e amasse com as mãos até formar uma farofa grossa. Leve ao forno até estar crocante e reserve.

Entretanto prepare a pannacotta.
Leve ao lume as natas com o açúcar e a fava tonka ralada.
Numa tigela coloque as folhas de gelatina e a água para hidratar.
Deixe as natas ferverem e infusionarem. Quando estiverem aromáticas junte as folahs de gelatina, desligue o lume e mexa bem.
Coloque o preparado em formas, para posteriormente desenformar. Leve ao frigorífico para solidificar.

Quando tiver toda a sobremesa pronta, faça a espuma de banana. Esta não deve ser preparada com antecedência dada a oxidação da banana.
Hidrate a folha de gelatina com a água e leve ao microondas por poucos segundos até derreter.
Triture a banana com o leite e junte a folha da gelatina, mexendo bem. Coe o preparado, através de um passador fino.
Coloque a mistura num sifão. Injecte duas cargas de gás, agite ligeiramente e reserve.


Emprate a pannacotta por cima de um areado de crumble disposto no prato. Coloque a espuma da banana por cima da pannacotta e do crumble com o sifão. Coloque a rodela de banana desidratada espetada na pannacotta. Salpique tudo ligeiramente com o chocolate preto ralado.


quarta-feira, 15 de junho de 2011

Crumble de Verão com Nectarinas e Morangos

Uma sobremesa a saber a Verão, onde cada colher desperta a frescura frutada de uma noite veranil!



Ingredientes:
  • 3 Nectarinas
  • 12 Morangos
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 50g de manteiga gelada
  • 50g de farinha de trigo
  • 30g de farinha de amêndoa
  • 50g de açúcar
  • 1 colher (sopa) de cacau em pó


Preparação:

Misture todos os ingredientes (excepto as frutas) e amasse com as mãos até formar uma farofa grossa. Reserve.
Corte as nectarinas e os morangos em cubos de 1 cm aproximadamente. Junte a colher de açúcar e envolva bem.
Distribua as frutas por 4 refractários e coloque por cima o crumble.

Leve ao forno até o crumble secar e ficar crocante e as frutas apresentarem um aspecto meio cozido.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Bifes de Atum em Cebolada

Do bom e do tradicional que Portugal tem para oferecer...



Ingredientes:
  • 750g de atum fresco (em posta)
  • 1 dl de vinagre
  • 4 dentes de alho
  • 2 folhas de louro
  • 1 dl de azeite
  • 2 cebolas
  • Sal e pimenta q.b.


Preparação:

Cortam-se os bifes como se a posta de atum fosse um bocado de carne de vaca. Põem-se os bifes a marinar durante algumas horas com o vinagre, os dentes de alho cortados em rodelas, sal e pimenta e o louro.
Depois de marinados escorrem-se e fritam-se os bifes de atum em azeite. Retiram-se para um prato.
Entretanto, cortam-se as cebolas em rodelas finas e deitam-se no azeite que serviu para fritar os bifes. Quando a cebola estiver translúcida, introduzem-se os bifes de atum novamente no tacho e refogam-se com a marinada.
Deixam-se estufar um pouco, rectifica-se o paladar e servem-se com batatas cozidas.

in "Cozinha Tradicional Portuguesa", Maria de Lourdes Modesto (pp.277)

terça-feira, 7 de junho de 2011

Pudim de Pêra e Canela com Pêra e Sultanas Flamejadas ao Rum em Anel de Caramelo com Flores de Tomilho

Este pudim foi a receita que tive que fazer em frequência final de Pastelaria da Europa. É um pudim espanhol, onde os aromas de Outono de misturam delicadamente, proporcionando-nos um conforto distinto.



Ingredientes:
  • 375g de pêra
  • 250ml de leite
  • 250ml de natas
  • 100g de açúcar
  • 250g de ovo (aprox. 4 ovos)
  • Pão de forma sem côdea
  • Canela em pó q.b.
  • Rum q.b.
  • 1,5l de água
  • 150g de açúcar
  • 1 pau de canela
  • 2 pêras
  • 50g de sultanas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 100g de açúcar
  • 1 cálice de rum
  • Flores de tomilho


Preparação:


Comece por descascar as pêras e cortar em fatias.
Faça uma calda com as 150g de açúcar e a água com o pau de canela. Leve as pêras a cozer na calda até estarem al-dente.
Retire do lume e reserve.
Misture o leite, as natas, os ovos, o açúcar e a canela em pó.
Leve as fatias de pão ao forno uns minutos a 200º, regadas ligeiramente com rum e polvilhadas com canela, até que estejam bem douradas e estaladiças. Para o pão em tiras e forre as laterais de uma forma para pudim rectangular (tipo bolo inglês) ou circular sem buraco, como para uma charlotte.
Coloque parte das pêras no fundo da forma, com o fundo forrado com papel vegetal, e polvilhe com canela. Coloque parte do pão regue com o aparelho líquido do pudim de modo que empape bem o pão até cobrir.
Coloque mais uma camada de pêras, canela em pó, e cubra com o restante pão.
Leve ao forno em banho-maria uns 35-40 minutos a 200º.
Deixe arrefecer e desenforme.

À parte, parta as duas outras pêra em cubos pequenos.
Numa frigideira coloque a manteiga a derreter. Salteie a pêra com as sultanas. Junte metade do açúcar e deixe cozinhar, salteando. Quando começar a formar líquido da pêra, junte o rum e flameje, inclinando a frigideira de modo a que a chama entre em contacto com o rum e faça o conteúdo da frigideira pegar fogo. Deixe arder até o fogo se extinguir. Junte o restante açúcar, salteie e deixe caramelizar.
Retire do lume.

Para decorar faça um caramelo com açúcar e um pouco de água. Unte um aro, ou um copo de vidro resistente a altas temperaturas. Com a ajuda de uma colher deixe cair fios de caramelo quente sobre o aro. Vá girando o mesmo para formar anéis de caramelo.
Deixe arrefecer e solidificar. Retire com cuidado, desprendendo o caramelo do aro.

Emprate o anel de caramelo com o centro de pêra e sultanas flamejadas ao rum, com uma fatia de pudim bem generosa, acompanhado por flores de tomilho.


(fotos da frequência tiradas pela Te)

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More